segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Descorçoada

É como me sinto hoje. Não é nada muito profundo ou preocupante, mas está cá numa dose q.b. suficiente para chatear e fazer mossa.

Rais parta o amor, os sentimentos dualistas e dúbios, o rácio coração/razão, as rotinas baças e esta impotência perante as vontades inconsistentes dos outros... e as nossas!
.

Sem comentários: