sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Tchau 2011!

Foste um ano de atitudes radicais. De emoções fortes. De momentos de enorme felicidade. De outros de chatices e revoltas e insatisfação, etc e tal. Mas isto já é o costume.

Só queria que 2012 pudesse trazer certezas positivas para debelar os receios do futuro que sempre me atormentam.

E que 2012 possa ser, genericamente, muito melhor do que para aí dizem os entendidos!
.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Como interpretar?

Conheço quatro pessoas que fazem anos hoje. Sinal de longa existência ou apenas coincidência?
.

Alucinante



Alucinante a forma como se despedem pessoas nas empresas. Num momento tem-se um monte de projectos entre mãos e em alguns minutos pode-se recolher os pertences da secretária e sair. Há quem defenda que não faz sentido alguém ficar a trabalhar depois de ser despedido, mas eu acho que a continuidade do negócio deveria estar em primeiro plano. E nestes casos, claramente, nao está. O mais assustador é que não é um caso isolado e atravessa mais que um departamento.

Será apenas evidência da podridão ou também antecipação de um futuro inexistente?
.