quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

O espírito Natalício

Entra e sai dos corpos com uma facilidade assombrosa. Num momento faz-se uma exaltação a todas as tradições da época, com detalhes exaustivos que chegam a cansar mas que, pronto, lá se aturam. No momento seguinte, pois que o tal do espírito foi para parte incerta e vem à superfície toda a frustração, maldade e irracionalidade que aí habitam.

O Natal é mesmo isto. Dar hoje para receber hoje. Amanhã é outro dia e como já não será Natal ninguém vai reparar se em vez de darmos, tiramos, e se em vez de receber, escoiceamos.

Feliz Natal para aqueles que fazem de todos os dias um verdadeiro Natal.


Nota: Foto surripiada em http://www.differentclassradio.co.uk/index.php/christmas-party/.
.

Sem comentários: