sexta-feira, 11 de junho de 2010

Primeira impressão - Sim ou não?

Há algum tempo ouvi de um colega, a propósito de uma reunião de apresentação que íamos ter à nossa nova directora, que era importante transmitirmos sensação de equipa porque a primeira impressão é a que conta mais. Lamento, mas discordo totalmente e garanto que não é só para ser do contra. A primeira impressão é importante, sem dúvida, porque é a partir dela que criamos expectativas sobre a pessoa e é bem possível que o nosso comportamento se adapte por via dessa primeira impressão. A partir daí, o conteúdo da primeira impressão fica esvaziado. Quantas vezes não ficamos com uma péssima impressão de alguém e depois acabamos por nos supreender positivamente? E quantas vezes não acontece o contrário? Conhecemos alguém que nos parece um doce e depois acaba por se revelar a antítese daquilo que idealizámos.

Muitos de nós usam mecanismos para impressionar o parceiro e muitos de nós revestem-se do seu escudo protector criando uma imagem de impenetrabilidade que depois, com o tempo, acaba por se revelar bem superficial. O ideal mesmo (e lá venho eu com a enfadonha história da coerência, etc e tal) seria que a primeira impressão correspondesse à impressão sustentada porque isso significaria ausência de recurso a comportamentos adaptados. Esta frase também pode ser controversa porque há quem defenda que os comportamentos adaptados são necessários. Talvez o sejam, mas não de modo a mascarar e deturpar grandemente uma personalidade.

Se alguém quiser fazer o obséquio de comentar (nem que sejam os anónimos que me visitam, já que os outros parece que me abandonaram de vez), faça favor. Mas sejam claros. É que das últimas vezes que me deixaram aqui um comentário, o comentário era em inglês e o autor tinha um user de um blog escrito em Japonês (presumo!). O visitante elogiava a forma de escrever. Só não fiquei a perceber se era a minha ou a do spam que tinha posto o primeiro comentário ao post...

8 comentários:

Tierri disse...

Abandonada...

Brown-eyed Girl disse...

Gelaaaaaaadaaaaaa!

Agora a sério: para não variar, concordo em absoluto com o que disseste. Embora a primeira impressão seja importante, é o que vem a seguir que de facto conta.
Beijufas :)

Dream on disse...

Gelada? Acho que não entendi.... estarei lerda?

Саныч disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
muguele disse...

Na verdade os comportamentos são sempre adaptados. Aprendemos a adaptá-los desde pequenos.

Quanto às primeiras impressões... até que nível da nossa vida se torna aceitável a utilização de "técnicas de marketing"?

No meu caso... é sabido que foram o Marketing e as Relações Públicas que me impediram de vir a ser um "Comunicólogo".

muguele disse...

Parece que os gajos do spam engraçaram com o teu estaminé. Tens de passar a moderar os comentários, talvez.

Dream on disse...

Nem tinha visto este teu comment. Pois se calhar, tenho, que isto agora é um chamariz de aves raras!

Brown-eyed Girl disse...

O "gelada" era em resposta ao comentário do Tierri. Não te lembras de um anúncio da Olá em que uns bonecos cantavam:
"Não, oh não
Não me deixes assim
Aqui
Triste só e abandonaaaaado
Gelaaaado"

E era isso :)