domingo, 11 de abril de 2010

Vivendo... e aprendendo!!!

Técnicas desenvolvidas por outros (pensadores!) e que podemos passar a utilizar. Falo de quando um amigo nos liga do seu telemóvel para o nosso telemóvel. Por uma razão qualquer, não atendemos. Ou porque não ouvimos ou porque já chegámos tarde para poder atender. Então o que fazer de seguida? Ligamos à pessoa mas deixamos tocar só uma vez para sinalizarmos que já estamos disponíveis. Afinal de contas, se não fomos nós que ligámos, porquê ligar de volta e esperar que o outro atenda? Injustiça tremenda... a iniciativa nem foi nossa, porque é que havemos de gastar uns cêntimos em telemóvel por causa de alguém que manifesta interesse em falar connosco?

Pronto... são cenas destas que me conseguem deixar verdadeiramente irritada e surpreendida (ainda me surpreendo, sim!). E para que não haja dúvidas, falei na primeira pessoa mas eu fui o tal amigo que aprendeu a técnica nova à força e ainda tive de ouvir a explicação aparentemente lógica ante a minha estupefação perante o sucedido.

Fica a garantia de que vou começar a utilizar esta técnica com a pessoa em questão. Há que provar do nosso próprio veneno, ou não?

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.