sábado, 19 de dezembro de 2009

Olha que giro!

Juro que não foi de propóstio, mas faz exactamente dois meses que não escrevia aqui. A minha vida é um caos (confirma-se) e entre família, amigos, trabalho e algumas actividades lúdicas, não sobra muito tempo.

Ando a pôr-me à prova. Depois de ter sido desinquietada para sair do país real, ando a expôr-me o mais possível àquilo que seria o desenraizamento que me propõem. No espaço de 2 semanas é a segunda vez que estou fora do país on my own. Nem sei que diga... acho que o ambiente envolvente conta muito. Sol e calor seriam a chave para eu me sentir bem (ou pelo menos, menos mal) em qualquer sítio. A verdade é que sem esses factores e os outros que me aquecem a alma, não sei se vou ser gaja para o desafio. Ainda para mais sabendo o cinzento que me espera. Mas a verdade é que com o desafio laboral, julgo que mesmo que o céu ficasse roxo às bolinhas cor-de-laranja eu não iria dar por isso. Isto também é capaz de não ser muito positivo...

No entanto, e tendo desejado tantas vezes que a minha vida desse uma reviravolta, acho que como desafio de vida é irrecusável. Já me têm perguntado se já decidi. A resposta é "Não". Quando vou decidir? Acho que quando me obrigarem a tal. E não deve faltar muito [medo].

Sem comentários: